• Jardim de Homenagem ao Poiarense

  • Capital Universal da Chanfana

Pin It

PROGRAMA A NOSSA FLORESTA

O programa destina-se a todos os proprietários, usufrutuários ou arrendatários de parcelas inscritas no concelho de Vila Nova de Poiares, que podem candidatar-se, junto do GTF- Gabinete Técnico florestal do Município, para se informar sobre as árvores disponíveis e adequadas para a sua propriedade, selecionando as espécies pretendidas da tabela disponível, e preencher o formulário que lhe for facultado.

As candidaturas estão abertas e serão alvo de análise pelos serviços técnicos do Município, de forma a adequar o número e as espécies selecionadas à propriedade localizada pelo candidato.

De referir que as árvores e arbustos a atribuir serão totalmente gratuitos e que, cada candidato apenas pode submeter um único pedido, sendo atribuídos até ao limite máximo de 300 plantas, por pedido, devendo ser respeitados os compassos de plantação recomendados para as espécies em questão.

Programa  A nossa Floresta- Normas de Participação / formulário de participação

 

 

PROJETO SEMENTE PARA O FUTURO

logo cmvnp sement

Em 2017, os violentos incêndios que afetaram a nossa região criaram uma necessidade e uma urgência de ação concertada sobre os espaços florestais ardidos.
O Município de Vila Nova de Poiares comprometeu-se com as organizações parceiras deste projeto, sobre a necessidade de reflorestar estes espaços de forma correta, natural, sustentável e resiliente.
O Fundo ambiental possibilitou a apresentação de candidaturas e o GAL Dueceira, na qualidade de entidade promotora, em parceria com os Municípios de Vila Nova de Poiares, Penela, Lousã e Miranda do Corvo e outros agentes locais e também o apoio técnico da ACTIVAR, ADSCCL e Lousitânea, teve acesso a um financiamento para testar a ideia de envolvimento das comunidades na recolha de sementes e na criação de micro maternidades de árvores.

Da ideia concretizada, o Município de Vila Nova de Poiares e seus parceiros, passam à ação com a plantação de árvores em VILA NOVA DE POIARES.

semear futuro

VILA NOVA DE POIARES - 1 de Fevereiro, 14.30h
PARQUE VERDE, junto à Zona Industrial

Para mais informações consultar a ⯑ENTIDADE PROMOTORA #Dueceira

 

 

 

PROJETO FLORESTA COMUM
FLORESTA AUTÓCTONE

 

candidaturas FlorestaComum

O Projeto Floresta Comum é fruto de uma parceria entre várias entidades empenhadas em contribuir ativamente para a (re)arborização de Portugal com árvores que compõem a floresta portuguesa.

A parceria nasceu em 2012 sendo coordenada pela Quercus e reúne o ICNF, IP.Instituto de Conservação da Natureza e das Florestas e a ANMPAssociação Nacional de Municípios.
Para além das entidades constituintes da parceria inicial e depois da renovação do contrato em 2015, aquela passou a contar a Universidade de Trás‐os‐Montes e Alto Douro fortalecendo o carácter científico e técnico da iniciativa.

Este projeto é parcialmente financiado pelo Green Cork – um projeto da Quercus que recolhe e envia rolhas de cortiça para reciclagem.
O principal objetivo da parceria é a promoção de espécies florestais autóctones como sejam, carvalhos, medronheiro, castanheiro, loureiro, azinheira, azereiro e sobreiro, entre outras, nas ações de arborização e rearborização de áreas florestais e de conservação da natureza e recuperação da biodiversidade, bem como, em parques urbanos e em ações de carácter educativo da comunidade escolar.

Pretende‐se fomentar a (re)arborização com espécies da floresta autóctone com altos níveis de biodiversidade, de produção de bens e de serviços do ecossistema, no território de Vila Nova de Poiares.

logos vnp cim

O Município de Vila Nova de Poiares em parceria com a CIM|RC - Comunidade Intermunicipal Região Coimbra, efetuou uma candidatura ao Projeto Floresta Comum. Esta foi aprovada e permitiu a disponibilização de 4590 plantas de espécies autóctones, como sejam carvalhos, sobreiros e pinheiros mansos, cuja plantação será efetuada em terrenos municipais, em fevereiro de 2020.

 

 

 

Concurso ‘Preservar a Natureza’

EDP VNP
Iniciativa criada em 15 de maio de 2019 pela EDP Distribuição e que visa potenciar a preservação da biodiversidade e do património natural, em particular nos concelhos mais atingidos pelos incêndios de 2017 e de 2018.


Considerando a mais-valia deste tipo de iniciativas e também o facto de o Concelho de Vila Nova de Poiares ter sido fustigado pelos incêndios de 2017, o Município de Vila Nova de Poiares participou no concurso ‘Preservar a Natureza’, com o objetivo de rearborizar as áreas ardidas com espécies florestais autóctones.


A candidatura foi aprovada em 5 de setembro de 2019, pelo júri constituído pela EDP Distribuição e pelo Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF).


A entrega das espécies autóctones nomeadamente ulmeiros, amieiros, freixos, carvalho-roble, medronheiros, entre outras espécies, que ascende os 7 mil euros, do valor global de 250mil euros, ficou a cargo da EDP Distribuição, tendo o Município a responsabilidade de preparar os terrenos e concretizar a sua reflorestação.


Estando o projeto sujeito ao cumprimento do RJARR (Regime Jurídico aplicável às ações de arborização e rearborização – Decreto-lei nº 96/2013, de 19 de julho, alterado e pelo Decreto-Lei nº 12/2019, de 21 de janeiro de 2019), foi recebido por parte do ICNF, a respetiva aprovação do projeto e que incide em cerca de 4 hectares.

 

  

 

Grande encontro Regional da Liga para a Proteção da Natureza (LPN) em Vila Nova de Poiares, com o apoio da Câmara Municipal #EstáTudoConectadoPoiares

25 de outubro 2019

Manhã: Peddy Paper / Tarde: Ação de demonstração de combate às invasoras + demonstração de boas práticas na Quinta da Moenda

26 de outubro 2019

Tarde: Atividades com famílias - Plantação + Ateliers 

LPN 1