• Jardim de Homenagem ao Poiarense

    Jardim de Homenagem ao Poiarense

  • Capital Universal da Chanfana

Pin It

Noite Gil vicente2

Iniciativa incluiu peça de teatro pela CTEP e Fados de Coimbra, pela voz de António Ataíde

A escadaria do Monumento ao Cristo, junto ao edifício da Câmara Municipal, foi o palco de uma noite de espetáculos intitulada “Noite de Gil Vicente”, numa organização do Município de Vila Nova de Poiares, em parceria com a Companhia de Teatro Experimental de Poiares (CTEP).

O espaço encheu por completo para assistir, primeiro à apresentação do exercício final das aulas de teatro – classe adultos - com a adaptação dos Autos de Gil Vicente, e logo a seguir, à interpretação de vários Fados e Canção de Coimbra, pela voz inconfundível de António Ataíde.

‘Quem tem Farelos’ e ‘Auto da Barca do Inferno’ foram os autos escolhidos para a apresentação final da classe de adultos, resultando num espetáculo de elevada qualidade cultural, digno das maiores salas de teatro. «Esquecemo-nos completamente de que estamos a assistir a uma companhia de teatro amador, com atores amadores que estão a aprender, mas que já representam como autênticos profissionais», apontou o Presidente da Câmara Municipal, João Miguel Henriques, mostrando-se «orgulhoso de poder assistir a um espetáculo com tanta qualidade, apresentado por poiarenses».

O mesmo responsável lembrou a importância da cultura, como base da formação plena das pessoas, razão pela qual o Município tem investido nesta área, contando com a qualidade, competência e capacidade de trabalho da CTEP, que se tem mostrado como um parceiro fundamental para a concretização deste objetivo.

João Miguel Henriques, lembrou ainda o trabalho que está a ser desenvolvido nesta área, promovendo e levando a cultura a todos os pontos do concelho, o que tem acontecido, tanto com a iniciativa “Noites de Verão”, como também agora com este espetáculo de Gil Vicente, numa verdadeira «democratização da cultura, indo ao encontro das pessoas e proporcionando-lhes a oportunidade de assistirem a espetáculos de grande qualidade».

A noite encerrou com Fados de Coimbra, trazidos pela magistral voz de António Ataíde, acompanhado à viola por Nuno Botelho e à guitarra de Coimbra por Bruno Costa, que deram um brilho especial a esta noite cultural de qualidade absolutamente ímpar, para gáudio do imenso público presente.

Noite Gil vicente1