• Jardim Homenagem Poiarense

    Jardim de Homenagem ao Poiarense

  • Capital Universal da Chanfana

Educação

Projeto EPIS potencia o sucesso escolar dos alunos

EPIS

Iniciativa envolve alunos, professores, pais e encarregados de educação.

O Município de Vila Nova de Poiares promoveu, no Centro Escolar de Santo André, um encontro com os Encarregados de Educação dos alunos do 1.º ano do 1.º Ciclo do Ensino Básico, no âmbito do Projeto EPIS (Empresários para a Inclusão Social - Potenciação do Sucesso Escolar), recentemente implementado e que está a ser desenvolvido em conjunto com o Agrupamento de Escolas.

Ler mais

Poiares implementa projeto piloto “Letras prá Vida”

letras pra vida

Parceria entre Município, Juntas de Freguesia, ESEC e iCreate.

O Município de Vila Nova de Poiares, em parceria com a iCreate, a Escola Superior de Educação de Coimbra e as quatro juntas de freguesia do concelho assinaram um protocolo de cooperação para a implementação de um projeto piloto de alfabetização, designado “Letras prá Vida”.

O projeto, que já arrancou e decorrerá até 6 de junho de 2017, conta com a coordenação científica e pedagógica da ESEC e tem como objetivo diminuir a taxa de analfabetismo funcional em Poiares, promovendo a literacia, inclusão social, através do desenvolvimento de competências e capacitação dos participantes.

Especialmente dirigido à população sénior do concelho, este projeto visa ainda promover o envelhecimento ativo e a participação em contextos de socialização, contribuindo assim para combater os níveis de isolamento e solidão da população mais envelhecida do concelho, contando para o efeito com a experiência do projeto “Clube Velhos Amigos”, dinamizado pela iCreate.

Este projeto piloto envolve cerca de 30 participantes, das quatro freguesias do concelho, que frequentarão as várias atividades preparadas, desde sessões de leitura e escrita à aprendizagem digital, nomeadamente com a utilização das TIC – Tecnologias de Informação e Comunicação.

Recorde-se que a preocupação com os mais idosos é uma das grandes apostas desde Executivo, procurando desenvolver, individualmente e em parceria com as associações e coletividades do concelho, um conjunto de ações e iniciativas que promovam o envelhecimento ativo dos idosos.

Desde a informática, às artes, passando pela atividade física e desportiva, são várias as iniciativas que têm sido desenvolvidas, procurando combater a exclusão e o isolamento da população sénior do concelho.

As sessões serão repartidas entre o espaço da antiga Escola Primária do Entroncamento (sede da iCreate) e o CCP-Centro Cultural de Poiares e terão lugar às terças-feiras, das 14h30 às 16h, prolongando-se até ao dia 6 de junho.

Ler mais

Câmara e Agrupamento de Escolas promovem encontro com escritor

escritor1

Iniciativa com o objetivo de desenvolver competências de leitura, escrita e criação poética

O Município de Vila Nova de Poiares, em parceira com o Agrupamento de Escolas promoveu uma sessão de encontro entre o José António Franco e os alunos das turmas dos 5º e 6º anos de escolaridade.

Ler mais

Agrupamento de Escolas de Poiares apresentou Orçamento Participativo

orcamento part escolas

Medida visa fomentar envolvimento dos alunos, o seu espírito de participação e cidadania

O Agrupamento de Escolas de Vila Nova de Poiares juntamente com o Município de Vila Nova de Poiares apresentou o Orçamento Participativo das Escolas (OPE), uma medida lançada pelo Ministério da Educação já este ano, numa sessão que serviu para divulgar em traços gerais os objetivos e as etapas do programa, e onde estiveram professores, alunos e demais entidades locais.

Ler mais

EDUCAÇÃO | AÇÃO SOCIAL ESCOLAR

A Ação Social Escolar desenvolve-se no âmbito da promoção de medidas de combate à exclusão social e de igualdade de oportunidades no acesso e sucesso escolar. Incide na implementação de medidas de apoio socioeducativo da responsabilidade do Ministério da Educação e/ou dos Municípios, que compreendem a atribuição de benefícios em espécie ou de natureza pecuniária, de acordo com as condições económicas apresentadas pelos agregados familiares dos alunos abrangidos.


No quadro das suas competências, o Município de Vila Nova de Poiares tem pautado desde sempre a sua intervenção por um continuado empenho em proporcionar a toda a sua comunidade escolar as melhores condições e oportunidades em prol do melhor sucesso educativo e integração escolar e social.

Ler mais

EDUCAÇÃO | PROJECTOS | PROGRAMAS | MÃOS NA TERRA

O projeto Mãos na Terra é desenvolvido no Jardim-de-infância de Vila Nova de Poiares, desde o ano letivo 2015/2016. No presente ano letivo será mais abrangedor e contemplará o 1.º ano de escolaridade da Escola EB1 de Vila Nova de Poiares.

O Mãos na Terra tem como objetivos:

A aquisição de conhecimentos de agricultura ecológica;

A aquisição de conhecimentos sobre a alimentação saudável;

O desenvolvimento de competências criativas e de experimentação;

O fomento da partilha e do trabalho em equipa;

O fomento da atividade física como parte integrante em tarefas como a agricultura.

Este projeto é dinamizado pela Associação One Love Family em parceria com a Câmara Municipal de Vila Nova de Poiares e o Agrupamento de Escolas de Vila Nova de Poiares.

Ler mais

EDUCAÇÃO | PROJECTOS | PROGRAMAS | ESTÍMULOS

O projeto Estímulos pretende promover diferentes e diversas atividades potenciando a qualidade das ações educativas, através do lúdico e recreativo. Dirige-se aos alunos do ensino pré-escolar da rede pública e contempla as áreas de expressão musical, motora e dramática. Contempla também a Hora do Conto como potenciador de hábitos de leitura, bem como iniciação às TIC´s.

Este projeto é revestido de um caracter inovador, apesar de se assemelha às AEC’s que são desenvolvidas para os alunos do primeiro ciclo do ensino básico, e que não contemplam os alunos mais novos, designadamente os do ensino pré-escolar. O seu caracter inovador é entendido por nós, pois consideramos que as atividades propostas, de uma forma tão precoce, potenciará e permitirá desenvolver competências e aquisição de conhecimentos implicando naturalmente a elevação da qualidade das ações educativas prestadas pelo sistema de ensino regular. Pretende-se com este projeto contribuir para a diminuição das crianças que apresentam deficit de atenção.

O projeto Estímulos pretende intervir precocemente e por isso dirige-se, numa primeira fase, aos alunos do ensino pré-escolar que frequentam os jardins-de-infância da Rede Pública. Pretende envolver com o seu público-alvo as famílias, potenciando a partilha de saberes e experiências e o convívio inter-geracional. É um projeto com a particularidade de chamar à escola as famílias com o seu envolvimento em vários momentos da execução das atividades.

Ler mais

EDUCAÇÃO | PROJECTOS | PROGRAMAS | EPIS

A Epis – Associação de Empresários Pela Inclusão Social, em resposta a um apelo do Presidente da República Portuguesa, está a desenvolver desde 2007 um projeto nacional para a promoção do sucesso escolar em várias escolas do País.

Assim, e empenhada em ajudar os alunos em perigo de abandonar a escola, a Associação EPIS – Empresários Pela Inclusão Social lançou um programa, em 2007, que consiste em ter uma equipa de mediadores disponíveis para apoiar os estudantes desde os 6 aos 24 anos.

A Câmara Municipal de Vila Nova de Poiares associou-se e encontra-se a promover, neste ano lectivo, este projeto no Agrupamento de Escolas de Vila Nova de Poiares, nomeadamente junto das Escolas do 1.º CEB.

 

Página Oficial em EPIS

Ler mais

EDUCAÇÃO | PROJECTOS | PROGRAMAS | PorCim@

O projeto PorCiM@ (Português/Ciências/Matemática e Tecnologias) que irá decorrer de setembro de 2016 a dezembro de 2017, resulta da candidatura ao Programa EMA (Estímulo à Melhoria das Aprendizagens) da Fundação Calouste Gulbenkian, realizada pelo Agrupamento de Escolas de Vila Nova de Poiares.

O projeto PorCiM@ (Português/Ciências/Matemática e Tecnologias) financiado pela Fundação Calouste Gulbenkian foi um dos sete selecionados a nível nacional, contando com o apoio da  Câmara Municipal de Vila Nova de Poiares.

Este projeto dirige-se a todos os alunos do Pré-escolar ao 6º ano de escolaridade e tem como objetivo trabalhar as competências académicas, pessoais e sociais dos alunos, prevenindo o insucesso escolar, comportamentos de risco e o abandono escolar, através da promoção de medidas que impliquem alterações nas dinâmicas de trabalho em sala de aula baseadas na diferenciação e inovação pedagógicas.

Assim, serão criados nos três Centros Escolares do Agrupamento e na Escola sede, Laboratórios de Aprendizagem equipados com recursos das áreas do português, das ciências experimentais e exatas, e digitais, onde os alunos desenvolverão atividades diversificadas, com metodologias inovadoras.

pdf Projeto PorCim@

 

Para mais informações consulte aqui

Ler mais

PROJECTOS | PROGRAMAS | APOIAR+

 

 

O Programa APOIAR+ pretende compilar num só documento os vários apoios que a Câmara Municipal tem vindo a prestar aos seus munícipes, designadamente os que evidenciam comprovada carência socioeconómica, de forma a regular e ordenar os mesmos de uma forma clara promovendo a gestão racional e eficiente dos recursos disponíveis. Abrange as áreas da Habitação, Educação e Saúde.

 

Consulte pdf aqui o Regulamento Interno

Ler mais

EDUCAÇÃO | CME | COMPETÊNCIAS

  • Para a prossecução dos objetivos compete ao Conselho deliberar, em especial, sobre as seguintes matérias:
    1. Coordenação do sistema educativo e articulação da política educativa com outras políticas sociais, em particular nas áreas da saúde, da ação social e da formação e emprego;
    2. Acompanhamento do processo de elaboração e de atualização da carta educativa, a qual deve resultar de estreita colaboração entre os órgãos municipais e os serviços do Ministério da Educação, assegurando a salvaguarda das necessidades de oferta educativa do município, garantir o adequado ordenamento da rede educativa nacional e municipal;
    3. Participação na negociação e execução dos contratos de autonomia, previstos no regime jurídico da autonomia, administração e gestão dos estabelecimentos públicos da educação pré-escolar e dos ensinos básico e secundário;
    4. Apreciação dos projetos educativos a desenvolver no município e da respetiva articulação com o Plano Estratégico Educativo Municipal;
    5. Adequação das diferentes modalidades de ação social escolar às necessidades locais, em particular no que se refere aos apoios socioeducativos, à rede de transportes escolares e à alimentação;
    6. Medidas de desenvolvimento educativo, no âmbito do apoio a crianças e jovens com necessidades educativas especiais, da organização de atividades de complemento curricular, da qualificação escolar e profissional dos jovens e da promoção de ofertas de formação ao longo da vida, do desenvolvimento do desporto escolar, bem como do apoio a iniciativas relevantes de carácter cultural, artístico, desportivo, de preservação do ambiente e de educação para a cidadania;
    7. Programas e ações de prevenção e segurança dos espaços escolares e seus acessos;
    8. Intervenções de qualificação e requalificação do parque escolar;
    9. Participação no processo de elaboração e de atualização do Plano Estratégico Educativo Municipal
  • Compete, ainda, ao Conselho analisar o funcionamento dos estabelecimentos de educação pré-escolar e de ensino, em particular no que respeita às caraterísticas e adequação das instalações, ao desempenho do pessoal docente e não docente e à assiduidade e sucesso escolar das crianças e alunos, refletir sobre as causas das situações analisadas e propor as ações adequadas à promoção da eficiência e eficácia do sistema educativo.
  • Para o exercício das competências do Conselho devem os seus membros disponibilizar a informação de que disponham relativa aos assuntos a tratar, cabendo, ainda, ao delegado regional de educação, ou a quem o diretor-geral dos estabelecimentos escolares tiver designado em sua substituição, apresentar, em cada reunião, um relatório sintético sobre o funcionamento do sistema educativo.

Ler mais

EDUCAÇÃO | CME | COMPOSIÇÃO

Integram o CME

  • O Presidente da Câmara Municipal, que preside;
  • O Presidente da Assembleia Municipal;
  • O Vereador responsável pela educação, quando exista;
  • O Presidente da Junta de Freguesia eleito pela assembleia municipal em representação das freguesias do concelho;
  • O Delegado Regional de Educação da Direção de Serviços da Região cuja área territorial corresponda à do município, integrada na direção geral dos estabelecimentos escolares, ou quem o Diretor-geral dos Estabelecimentos Escolares designar em sua substituição;
  • Os Diretores dos Agrupamentos de escolas da área do município.
  • Integram ainda o Conselho os seguintes representantes:

Um representante do pessoal docente do ensino secundário público das escolas da área do município;
Um representante do pessoal docente do ensino básico público das escolas da área do município;
Um representante do pessoal docente da educação pré-escolar pública dos estabelecimentos de educação da área do município;
Dois representantes das associações de pais e encarregados de educação;
Um representante das associações de estudantes;
Um representante das instituições particulares de solidariedade social que desenvolvam atividade na área da educação;
Um representante dos serviços públicos de saúde;
Um representante dos serviços da segurança social;
Um representante dos serviços de emprego e formação profissional;
Um representante dos serviços públicos da área da juventude e do desporto;
Um representante das forças de segurança – GNR;
Um representante do Conselho Municipal de Juventude.

  • Os representantes a que se referem as alíneas a), b) e c) do número anterior são eleitos pelos docentes do respetivo grau de ensino.
  • De acordo com a especificidade das matérias a discutir no Conselho, pode este deliberar que sejam convidadas a estar presentes nas suas reuniões personalidades de reconhecido mérito na área de saber em análise, sem direito a voto.
  • O Presidente da Câmara Municipal pode fazer-se acompanhar por técnicos do Município, sem direito de voto.

Ler mais

EDUCAÇÃO | CME | REGULAMENTO INTERNO

Ao abrigo do artigo 8.º do Decreto-Lei n.º 7/2003, de 15 de janeiro, alterado pela Lei n.º 41/2003, de 22 de agosto (objeto da Declaração de Retificação n.º 13/2003, 11 de outubro), pela Lei n.º 6/2012, de 10 de fevereiro, e pelo Decreto-Lei n.º 72/2015, de 11 de maio, foi aprovado o Regulamento Interno do Conselho Municipal de Educação de Vila Nova de Poiares.

Consulte pdf aqui o Regulamento Interno

Ler mais

EDUCAÇÃO | CME

O Conselho Municipal de Educação é uma instância de coordenação e consulta, a nível municipal, da política educativa e tem por objetivo promover a coordenação da política educativa, articulando a intervenção, no âmbito do sistema educativo, dos agentes educativos e dos parceiros sociais interessados, analisando e acompanhando o funcionamento do referido sistema e propondo as ações consideradas adequadas à promoção de maiores padrões de eficiência e de eficácia do mesmo.

Ler mais