• Jardim Homenagem Poiarense

    Jardim de Homenagem ao Poiarense

  • Capital Universal da Chanfana

Pin It

O concelho de Vila Nova de Poiares, caracteriza-se por apresentar uma vegetação com folhas de pequenas dimensões, duras e muitas vezes espinhosas, como protecção das elevadas temperaturas e sobretudo a escassez de água.

Dominam as plantas de folha persistente como os carvalhos (Quercus robur), freixos (Fraxinus angustifolia), amieiros (Alnus glutinosa) e castanheiros (Castanea sativa Miller). Estas espécies encontram-se em áreas florestais de produção, tendo sobre elas medidas preventivas contra incêndios florestais e de controlo de povoamentos. Evidencia-se a existência de povoamentos de eucaliptos (Eucalyptus globulus), pinheiro bravo (Pinus pinaster) e mimosas (Acacia dealbata) nas extremidades Oeste e Nascente do Município, tal como a Norte de Poiares Santo André, que associados a modelos de combustível demonstram deficiência, ou mesmo ausência de gestão, tornando-se um fator preocupante, numa situação em que o eucalipto é a espécie florestal predominante.

As grandes manchas contínuas de pinheiro bravo situam-se na Serra do Bidueiro, com dimensões superiores a 100 hectares.

Destaca-se a importância da área territorial ocupada pela mancha florestal, a qual cobre aproximadamente 80% do território municipal, implantando-se maioritariamente nos sectores de maior declive. Nesta, salienta-se a forte fixação do eucalipto, com grande representatividade nas espécies florestais do Município. Todo o setor florestal ocidental é dominado por esta espécie (Freguesia da Arrifana), sendo que no restante território municipal existe uma heterogeneidade de implantação de espécies, com povoamentos de eucaliptos, pinheiros bravos, outras folhosas e mistos.

jpgOcupação Actual do Solo(in PMDFCI, 2015)