• Jardim de Homenagem ao Poiarense

  • Capital Universal da Chanfana

Pin It

ministraagricultura

Reunião com Centro de Competências da Caprinicultura 

A Ministra da Agricultura, Maria do Céu Antunes, esteve em Vila Nova de Poiares este fim-de-semana, para uma reunião com o Centro de Competências da Caprinicultura (C.C.C.), em particular com os membros que representam as associações de produtores, e ainda com autarcas locais.

Em cima da mesa estiveram as dificuldades relacionadas com este setor, nomeadamente «as adversidades existentes para realizar novos investimentos e a cada vez maior escassez de efetivos», como referiu o Presidente da Câmara Municipal, João Miguel Henriques.

Frisando que esta «é a região de Portugal que atualmente menos apoios recebe ao nível de pagamentos diretos», a Ministra da Agricultura acredita que uma das soluções passa «pelo novo Plano Estratégico da PAC, atualmente em consulta pública, e que permitirá a partir de 2023 aumentar os apoios às raças autóctones e pequenos ruminantes em cerca de 31% nesta região em particular».

De acordo com a Ministra Maria do Céu Antunes, «a manutenção das raças autóctones é essencial à garantia de qualidade e à preservação da integridade territorial de uma região que enfrenta desafios demográficos e vulnerabilidade aos incêndios».

Para João Miguel Henriques, «as palavras da Sra. Ministra são uma lufada de ar fresco, dado que a visão estratégica aqui apresentada, assim como as medidas que se pretendem implementar, podem assumir-se como contributo determinante para o setor, que tem de ser mais apelativo e lucrativo, aproximando ao invés de afastar as pessoas».

Recorde-se que «para Vila Nova de Poiares a fileira da Caprinicultura assume enorme relevância económica e cultural, sobretudo no plano gastronómico através da Chanfana, pelo que é de todo o interesse do Município que sejam dadas respostas concretas que promovam a sustentabilidade e o potencial endogénico do setor», concluiu o Presidente da Câmara Municipal. 

 

Ministra visitou o Capril da Serra do Bidoeiro

Após a reunião foi possível fazer uma visita ao Capril instalado na Serra do Bidoeiro, fruto de uma candidatura da Junta de Freguesia de São Miguel de Poiares ao Fundo Florestal Permanente do ICNF (Instituto de Conservação da Natureza e das Florestas), e que permitiu criar um rebanho com cerca de 60 cabras sapadoras, como pode constatar in loco a Ministra da Agricultura.

Este projeto promovido pela Freguesia e com o apoio da Câmara Municipal pretende contribuir para a prevenção dos fogos florestais no concelho, em áreas classificadas como de risco alto e muito alto de incêndio, numa área de 51,47 hectares correspondentes a baldios de São Miguel e de Lavegadas e, ao mesmo tempo, assumir-se como um contributo para combater o baixo nível de efetivos caprinos.

Refira-se, por fim, que o Centro de Competências de Caprinicultura, cuja Comissão de Gestão é presidida pelo Município de Vila Nova de Poiares, Concelho onde está localizada a sua sede – tem por missão promover o desenvolvimento e sustentabilidade da fileira da caprinicultura, em Portugal, pela via do reforço da investigação, da promoção da inovação e das boas práticas na produção de caprinos e da transferência e divulgação do conhecimento.