• Jardim de Homenagem ao Poiarense

    Jardim de Homenagem ao Poiarense

  • Capital Universal da Chanfana

Pin It

Tecer Prevencao

Sessão contou com a presença da Dr. Rosário Farmhouse

A Comissão de Proteção de Crianças e Jovens (CPCJ) de Vila Nova de Poiares apresentou publicamente um documento estratégico e um plano de ação com vista a conhecer melhor a realidade e os riscos a que estão sujeitas as crianças e os jovens do concelho, numa sessão que contou com a presença da Presidente da Comissão Nacional de Promoção dos Direitos e Proteção das Crianças e Jovens (CNPDPCJ), Dra. Rosário Farmhouse, do Diretor do Centro Distrital da Segurança Social de Coimbra, Eng.º Ramiro Miranda, bem como do Presidente da Câmara Municipal de Vila Nova de Poiares, Dr. João Miguel Henriques e do Vice-Presidente da Autarquia e Presidente da CPCJ, Doutor Artur Santos.

Trata-se do Plano Local de Promoção e Proteção dos Direitos das Crianças e dos Jovens do concelho, um documento estratégico de intervenção, definido no âmbito do Projeto nacional “Tecer a Prevenção”, lançado pela Comissão Nacional de Promoção dos Direitos e Proteção das Crianças e Jovens (CNPDPCJ), acompanhado de perto pela técnica interlocutora, Dra. Maria de Fátima Duarte, também presente na sessão de apresentação pública.

Na cerimónia foi feita a apresentação pública do documento que apresenta as linhas orientadoras do trabalho a ser desenvolvido pela CPCJ de Vila Nova de Poiares nos próximos quatro anos, com o objetivo de contribuir para a promoção do sucesso escolar, do respeito pelo outro, da autoestima, da transição para a vida adulta, da aquisição de valores familiares, da participação ativa das crianças e jovens nas atividades e políticas locais da integração e inclusão social.

O documento conta com o prefácio do anterior presidente da Comissão Nacional de Promoção dos Direitos e Proteção das Crianças e Jovens, o conhecido Juiz Conselheiro Dr. Armando Leandro, que elogia o trabalho desenvolvido pela CPCJ local, que em sua opinião «revela uma lúcida e empenhada consciencialização da importantíssima relevância do interesse público e promoção dos Direitos da Criança e na prevenção dos riscos e perigos do seu desrespeito ou ofensa», ao mesmo tempo que afirma que este documento, agora apresentado, «constituirá um precioso contributo para que as luzes de cada infância impeçam, eliminem ou pelo menos superem abundantemente as suas sombras».

O Presidente da Câmara Municipal, Dr. João Miguel Henriques, na sessão de encerramento, fez questão de felicitar o trabalho intenso da CPCJ Local, em articulação com os demais parceiros sociais, promovendo um conjunto de importantes ações e iniciativas promotoras da defesa das crianças e jovens, sem descurar o devido acompanhamento das situações sinalizadas e que, felizmente, fruto de uma intervenção pronta e adequada, têm tido resultados muito positivos.

O mesmo responsável recordou que «esta é uma das preocupações deste Executivo, que tem apostado num acompanhamento real, no terreno, apoiado num trabalho de rede efetivo, com os diferentes parceiros sociais e articulado com a Comissão Nacional», acrescentando que «a atuação sempre pronta da CPCJ permite não só o desenvolvimento de ações concretas e diferenciadas, como também uma avaliação contínua, conseguindo uma capacidade de resposta e intervenção rápida e eficaz», concluiu.

Veja AQUI todas as fotos do evento