• Jardim de Homenagem ao Poiarense

    Jardim de Homenagem ao Poiarense

  • Capital Universal da Chanfana

Pin It

FFP Croydon

Espetáculo pela Filarmónica Fraternidade Poiarense e Croydon Reunion Wind Orchestra

Vila Nova de Poiares acolheu na passada quinta-feira o “Concerto da Amizade”, um espetáculo que reuniu em palco a Filarmónica Fraternidade Poiarense e a Croydon Reunion Wind Orchestra, de Inglaterra. Sob a batuta dos Maestros Jorge Oliveira e David Kendall, os músicos proporcionaram um espetáculo e inolvidável qualidade, para gáudio do público que encheu por completo a sede da Filarmónica do Concelho.

Também presente no concerto, o Presidente da Câmara Municipal de Vila Nova de Poiares, João Miguel Henriques, não quis deixar de enaltecer o “fantástico trabalho que tem vindo a ser desenvolvido pela centenária instituição poiarense, sob a direção de Richard Bradley”.

Para além de «agradecer a presença da comitiva inglesa em Vila Nova de Poiares, sobretudo pela qualidade que emprestaram a esta noite fantástica, não posso deixar de dar uma palavra para os jovens músicos que estiveram ao mais alto nível, demonstrando a autêntica escola de virtudes que é a Filarmónica Fratenidade Poiarense».

Refira-se que a Croydon Reunion Wind Orchestra foi formada em 2017 após um reencontro de músicos que nos anos 70 e 80 foram alunos na Croydon Schools Wind Orchestra, uma das mais conhecidas orquestras no Reino Unido.

Para além de ter conquistado uma série de prémios no “Festival Nacional de Música para Jovens”, realizou diversos concertos no famoso Royal Albert Hall, para além de diversas gravações para a BBC. Em 1979, a Orquestra teve um dos seus concertos transmitidos na Rádio Televisão Portuguesa.

Em 2017, a flautista Siobhan Lamb, reconhecida compositora de obras para orquestras e coros e que fez parte daquele grupo de jovens, decidiu reunir os seus antigos colegas de orquestra para um encontro de 3 dias de ensaios, convívio e concerto, na aldeia de Montmelard (França), local onde se reformou o antigo Maestro David Kendall.

Este evento teve tanto sucesso que Richard Bradley, atual Presidente da Direção da Filarmónica Fraternidade Poiarense, e que entre 1977 e 1981 fez parte da Orquestra de Croydon, como clarinete baixo, sugeriu que em 2018 deveria ser Vila Nova de Poiares e a sua centenária Filarmónica deveriam ser os anfitriões de evento semelhante.