• Jardim de Homenagem ao Poiarense

    Jardim de Homenagem ao Poiarense

  • Capital Universal da Chanfana

Pin It

expoceramica 1

Exposição itinerante da Associação Portuguesa das Vilas e Cidades Cerâmicas

A sala de exposições do CCP [Centro Cultural de Poiares] acolhe até ao próximo dia 17 de novembro a exposição “Cerâmica Portuguesa”, uma mostra itinerante da Associação Portuguesa das Vilas e Cidades Cerâmicas (AptCC), de que o Município de Vila Nova de Poiares é um dos 14 fundadores.

Constituída por um conjunto de 28 peças de cerâmica representativas da atividade em exercício em cada um desses territórios, o destaque vai obviamente para a cerâmica de barro preto de Vila Nova de Poiares, cuja Cântara do Segredo e Bilha de Água são as peças centrais. 

São obras diversificadas, que contemplam processos de produção que vão do artesanal ao industrial, fruto de saberes ancestrais e de conhecimentos técnicos e especializados, com diferentes técnicas de produção e de matérias-primas como o barro, o grés e as pastas porcelânicas, com funções que variam entre o decorativo ao utilitário, não descurando o significado simbólico das representações populares do figurado no barro, e a própria história e cultura das regiões que representam.

As entradas para a exposição são gratuitas, podendo ser visitada de segunda a sexta entre as 9h00 e as 18h00, e aos sábados, entre as 10h00 e as 10h30.

Certificação do Barro Preto de Olho Marinho concluída

Vila Nova de Poiares é um concelho com uma vasta história industrial no que ao barro diz respeito, nomeadamente o barro preto. Desde tempos imemoriais que a sua produção tem sido ‘exportada’ para todo o país e estrangeiro, tornando-o numa autêntica ‘imagem de marca’ do Concelho, em particular por se associar a produtos gastronómicos de excelência, dos quais se destaca naturalmente a chanfana

Assim, e tendo em consideração toda esta herança social, cultural e industrial, a Câmara Municipal decidiu tomar algumas medidas para promover a defesa e valorização deste património, nomeadamente a certificação do barro preto de Olho Marinho, processo já concluído e que aguarda apenas a sua publicação em Diário da República.

Refira-se, por fim, que AptCC [Associação Portuguesa das Cidades e Vilas Cerâmicas] foi fundada em abril deste ano, pelos Municípios de Alcobaça, Batalha, Caldas da Rainha, Aveiro, Ílhavo, Barcelos, Mafra, Montemor-o-Novo, Redondo, Reguengos de Monsaraz, Viana do Alentejo, Tondela, Viana do Castelo e por Vila Nova de Poiares.

expoceramica 2