• Jardim de Homenagem ao Poiarense

    Jardim de Homenagem ao Poiarense

  • Capital Universal da Chanfana

Pin It

empresas polo2 zi

 

Contratos de Promessa de Compra e Venda assinados no Município

O Pólo II da Zona Industrial de Vila Nova de Poiares contará brevemente com mais duas empresas, cujos contratos de promessa de compra e venda dos respetivos lotes foram esta semana assinados.

São empresas que, já se encontrando a laborar em Vila Nova de Poiares, pretendem assim expandir as suas áreas de negócio, procurando novos lotes para aumentar as suas capacidades produtivas, uma na área de transporte de mercadorias e outra na produção e comércio de casas de madeira com rodas.

«É com muito orgulho que vemos as empresas do nosso concelho a crescer, o que representa não só o fortalecimento do tecido económico e empresarial local, mas também o aumento da sua capacidade em criar emprego e, consequentemente, uma melhoria do poder de compra e qualidade de vida das pessoas», referiu o Presidente da Câmara Municipal, João Miguel Henriques.

A crescente procura dos lotes de terreno para instalação de empresas no Pólo II da zona industrial é o reflexo do crescimento económico do concelho, com índices de confiança económica que permitem aos empresários reforçar a capacidade produtiva das suas unidades industriais. Em resposta a esta procura o Município tem já em curso o projeto de infraestruturação deste segundo polo industrial, num investimento global de cerca de 2 milhões de euros, que irá dotar este parque empresarial de mais e melhores condições para instalação de novas empresas.

«Esta confiança só é possível com o trabalho que temos vindo a desenvolver ao longo dos últimos 5 anos de mandato, conseguindo não só estabilizar a situação económico-financeira municipal, mas sobretudo restaurar e reforçar a credibilidade e confiança no Município por parte de credores e investidores», apontou.

Empresas que assinaram contratos para aquisição dos lotes:

- Transportes Simões & Rodrigues (Transporte Rodoviário de Mercadorias e comércio por grosso de madeira e produtos derivados), com 21 trabalhadores, 18 viaturas e um crescimento anual médio de 30%, num volume de negócio que ultrapassa os 2 milhões de euros. Esta empresa procura no polo II expandir a sua atividade e alargar o espaço físico para manutenção e parqueamento da sua frota.

- Coordenadas Pioneiras – indústria de casas de madeira e carpintaria unipessoal, com 12 trabalhadores e que se dedica à produção e comércio das conhecidas casas de madeira com rodas, designadas por Habimóvel, e que pretende, neste polo II construir uma nova unidade fabril, num investimento de cerca de 1 milhão de euros, permitindo aumentar a sua capacidade produtiva.