• Jardim de Homenagem ao Poiarense

  • Capital Universal da Chanfana

Pin It

U Lusiada parceria

Estudo de Caso em Fonte Longa para projeto de regeneração da paisagem e habitação sustentável

O Município de Vila Nova de Poiares e a Universidade Lusíada assinaram um protocolo de parceria para o desenvolvimento de um estudo de caso na aldeia de Fonte Longa em matéria de “regeneração da paisagem e habitação sustentável para a coesão socio-territorial”.

Para o Presidente da Câmara Municipal, João Miguel Henriques, «a par do processo de regeneração natural, é fundamental encontrar novas formas de recuperação da paisagem que ficou seriamente afetada pelo incêndio de outubro de 2017, daí que a importância de Fonte Longa seja estratégica neste processo».

O mesmo responsável acrescentou que, ao mesmo tempo «é possível criar uma simbiose entre a promoção de técnicas construtivas mais amigas do ambiente e a regeneração paisagística com importante impacto na coesão social destes territórios, nomeadamente ao nível do seu contributo para a fixação de população no interior».

A parceria envolve o Centro de Investigação em Arquitetura, Território e Design (CITAD) e o Centro Lusíada de Investigação em Serviço Social e Intervenção Social (CLISSIS) da Universidade Lusíada, com o objetivo de, em articulação com o Município de Vila Nova de Poiares, criar sinergias que potenciem a aplicação dos processos e metodologias que têm vindo a ser investigados, procurando desenvolver novos materiais com aplicação na construção, como blocos de encaixe de baixo carbono e habitação modular evolutiva, a fim de procurar minimizar os seus impactos ambientais.

Refira-se que o estudo de caso de Fonte Longa, na freguesia de São Miguel de Poiares, se apresenta como um espaço privilegiado para a aplicação das metodologias e processos já desenvolvidos, com vista ao desenvolvimento de um projeto mais alargado de regeneração da paisagem e implementação de soluções construtivas sustentáveis.