• Jardim de Homenagem ao Poiarense

  • Capital Universal da Chanfana

Pin It

camara municipal

Excelência:

Em reunião com Vossa Excelência no dia 20 de dezembro de 2013, tive a oportunidade de o colocar a par da muito difícil situação financeira em que se encontra este Município. Trata-se de uma herança pesada que recebemos do anterior Executivo, e da qual tomámos conhecimento somente após tomada de posse, no pretérito dia 22 de outubro.

A situação dramática em que nos encontramos, sem forma de conseguirmos cumprir as nossas obrigações junto dos fornecedores no final de cada mês, obrigaram-nos a ter como prioridade a definição e implementação de medidas de contenção e equilíbrio orçamental, que já possibilitaram, entre outras coisas, reduzir mais de meio milhão de euros à dívida do Município em cerca de três meses de mandato.

Ora, por decisão de Vossa Excelência, no Despacho nº 981/2014, este esforço é colocado em causa, correndo o risco de tornar infrutíferos todos os esforços que temos vindo a desenvolver.

Acresce o facto de estarmos a sofrer uma penalização por uma gestão danosa que classificamos de irresponsável e incompetente, quando os seus autores já não estão a liderar o Executivo, colocando o ónus dessa atitude naqueles que, todos os dias, tanto se esforçam para corrigir a situação.

Por fim, lamentamos ainda o facto de, embora Vossa Excelência nos tivesse já alertado, verbalmente, para esta possibilidade, sermos agora surpreendidos com a redução das transferências para a Câmara Municipal, sem que tenha existido qualquer comunicação prévia e formal da mesma, além do dito despacho, apanhando completamente desprevenidos os nossos serviços de contabilidade e colocando em causa os compromissos já assumidos.

Saiba, ainda assim, Vossa Excelência, que apesar de todas as dificuldades e contrariedades, não deixaremos de lutar até à exaustão pela defesa intransigente dos interesses do Município de Vila Nova de Poiares.